quarta-feira, dezembro 14, 2011

Há dias em que só me apetece fugir...


... senão reparem: ontem cheguei a casa, soltei a bicha cadela, fui para dentro de casa a correr para o wc e de repente só oiço as unhas da bicha a derraparem no chão e uma coisa a cair e a partir-se... o animal conseguiu, não sei como, atirar ao chão um vaso com um cacto que estava na 2.ª prateleira da estante... eram cacos e terra por todo o lado... levou com 3 gritos e um calduço e fechei-a na cozinha para apanhar os cacos sem ela os espatinhar... acabo de varrer cacos e terra, entro na cozinha, e sua excelência tinha-me mijado no chão... leva com mais 5 gritos, 2 calduços e agora vais lá para fora pensar na tua vidinha...

Finalmente sento-me no sofá a lanchar, sossegadinha da minha vida, quando olho para a árvore de Natal e a vejo a abanar mais do que já é costume, chego-me à dita e vejo um gato, cujo nome me recuso a mencionar, mas é malhado e pesa uns leves 7 Kg, a amaranhar pela árvore acima, já quase a aparecer junto à estrela, isto numa árvore de 2,2 metros...

A sério, há dias em que apetece chegar a casa e ter paz, sossego, lareira e uma caneca de chá... e lá em casa isso simplesmente é impossível! E nos dias em que isto mais apetece é nos dias em que os animais se juntam todos e fazem uma cabala para ver se me internam num hospício!

Pai Natal, por favor... eu não venho pedir malas, nem sapatos, nem perfumes nem telemóveis caros... tras-me apenas e só um big bag de paciência, porque o que me deste o ano passado está a acabar-se!

5 comentários:

cycle disse...

Isso é porque ainda não viste o meu pópó atulhado de miolos :)))

Miss Dreams disse...

Hã? Atulhado de miolos?

abspinola disse...

Já somos duas com uma saco de Natal cheio de paciencia:)

Bjstos

Sissamar disse...

Epá, eu já tinha telefonado para a assistente social e mandava tudo para um colégio interno e só vinham a casa nas férias! Eles iam ver o que era disciplina eheheheh
Beijinho

Lígia disse...

Ainda olhei para o nome do blog duas vezes a ver se não tinha mesmo sido eu a escrever!! Pois que eu tenho dias desses! É uma coisa impressionante, acho que antes de chegarmos eles conversam e dizem "vamos fazer a vida negra à gaja, hoje?"! E depois no fim do dia,sinto aquilo que as mães devem sentir com os filhos pequenos, que passei o tempo a berrar com eles (os 4 patas) e fico cheia de remorsos quando olho para aqueles focinhos placidamente a dormir...:S