quinta-feira, janeiro 28, 2010

Memórias de uma carrinha dos ciganos


Perdão... do meu carro...
Se calhar, talvez não fosse pior dar-lhe uma arrumaçãozita, ou, quiçá, montar uma banca à beira da estrada e ainda fazer uns trocos... é que há por lá botas, casacos, cachecóis, albuns de casamento, sacos, saquinhos e sacolas, extractos bancários de há 3 anos pelo menos...
Shame on you, Miss Dreams Maria... Põe lá ordem na barraca ambulante, antes que venham os senhores da recolha dos monstros da Câmara Municipal, e te levem o bólide... E já agora dá-lhe um banhito, que o pobre há um ano que não vê água sem ser a da chuva...

5 comentários:

Diaboderoupacurta disse...

Coitado, já lhe davas um bocadinho de mais carinho :P

Olhos Dourados disse...

Aposto que não está pior como o carro de uma pessoa que eu conheço.

Di disse...

As mulheres adoram usar o carro como segundo armário hehe ;)

Gosto muito do teu blog *Beijinhos

Di disse...

PS: O Jacó é super parecido com o meu gato x)

Sophie disse...

Lool.
é a coisa dos carros graaaandes :p