quarta-feira, junho 30, 2010

E o report prometido


A viagem propriamente dita correu super bem, não houve atrasos, o voo durou menos do que o esperado ainda não percebi muito bem porquê mas também não interessa nada, e nada de chocalhanços lá em cima, 5 estrelas! Ah e ainda fui com as pernas à lorde porque conseguimos lugar na 1.ª fila (da turística, of course...), com carradas de espaço.

Primeiro que tudo, adorei conhecer a cunhada e a sobrinha, e rever o cunhado, que não via há 5 anos. No dia do regresso vim de lá a chorar feita Madalena arrependida... Shame on me!

A 1.ª coisa que me fez ficar de boca aberta assim que saímos do aeroporto foram os carros... são enormes! ENORMES mesmo! Não há cá Seat's Ibiza nem nada minimamente parecido... É tudo de SUV para cima! E os camiões? LINDOS! Cheios de cromados, coloridos e lustrosos.

Os bairros de moradias, fora das cidades, são espectaculares! As casas em madeira, jardins super arranjados, passeios relvados, um excelente local para se viver, sem dúvida!

O 1.º contacto com a cidade de NYC foi de noite! Tinham marcado um passeio de barco pelo rio Hudson de noite e digo-vos uma coisa... fiquei de queixo à banda... A 1.ª foto que vos vim deixar foi tirada lá... Eu não sabia para onde me virar para tirar fotos... só nessa noite tirei 400!! É um ambiente de cortar a respiração, lindo, lindo, lindo! As luzes, as cores, o movimento imparável dia e noite naquela cidade... é fenomenal mesmo!

Voltamos a NY 3 vezes, 2 delas de dia. Arrepiaram-se-me todos os pelos do corpinho ao passar no Ground Zero, o sitio onde caíram as torres gémeas. É uma sensação indescritível, ver o tamanho imenso do buraco que ali ficou, imaginar o terror que aquela gente passou, os que morreram e os que assistiram impotentes... enfim... para ajudar ao arrepianço mesmo em frente tem um cemitério antigo.

Ao caminhar por aquelas ruas e avenidas sentimos-nos verdadeiros bonecos de playmobil, os prédios não têm menos de 30/40 andares e estes são os mais baixos! É uma agitação de gente por todo o lado. Turistas, trabalhadores dos escritórios, trabalhadores nas construções que por lá se fazem, tudo em alta velocidade. Fiquei impressionada com aquelas mulheres, as que lá trabalham nos escritórios, empoleiradas em saltos de 10 cm e a andar como se nada fosse! Não gostei nada de uma coisa... no interior dos edifícios e dos transportes públicos têm o ar condicionado na temperatura o mais baixo possível, e apesar do calor que se sentia na rua, dentro destes, aqui a je conseguia ficar com o queixinho a tremer...

Adorei ver Times Square! Estive lá de dia e de noite, e se adorei aquilo quando lá estive de dia, de noite então fiquei novamente de queixo à banda! A movida de pessoas é ainda maior do que no resto da cidade, e as luzes, minha gente, as luzes por todo o lado, ecrãns gigantes, publicidades, tudo, tudo em movimento, é estonteante e maravilhoso!

É uma cidade onde se vê gente de todas as nacionalidades, raças e credos possíveis e imaginários, literalmente|!

A 5th Avenue... sinceramente, estou para perceber o que é que essa avenida tem mais que as outras por onde andámos... não percebi mas também não perdi tempo a tentar perceber...

E o testamento já vai longo... ficou tanto por visitar e cheira-me que para o ano volto lá! Conforme me for lembrando de alguns pormenores vou-vos contando! Elegi uma nova cidade favorita e acho que é insubstituível! Daqui a um mês estarei a voar com destino à Tunísia!

P.S. Em relação ao americanos propriamente ditos, a minha opinião não mudou... não gostei deles. Ponto!

4 comentários:

Cris disse...

Ainda espero conhecer esta cidade e vc contando me parece muito mais interessante. Estava com saudades que bom que está melhor. Sinto muito por Portugal torci bastante ontem por vocês!!

beijinhos

Ps E os gatos como ficaram estes dias?

Miss Dreams disse...

Os gatinhos ficaram bem e receberam-nos de patas abertas (o ano passado ficaram de burra amarrada e ignoraram-nos quando chegamos...)
Só o Jacó andou a destruir umas coisas lá por casa, mas nada de grave :)

Beijinhos!

dinona disse...

Não tinhas saudades dos teus gatitos?

Se eu estiver um dia longe deles já ando a morrer de saudades!

Relativamente aos States, por acaso é país que não me chama (pelo menos as grandes cidades), claro que a parte mais campónia já gosto :) eu não gosto muito de cidades.

Olhos Dourados disse...

Um dia hei-de ir lá.